Archives

All posts for the month agosto, 2016

G8 Gourmet

Conseguimos fazer uma edição ainda em agosto e aproveitamos para mostrar as fotos e contar sobre nossa viagem gastronômica. Os cozinheiros da noite foram o Tor e o Vasco que prepararam um menu espetacular. A entrada foi um hackpeter sueco, o prato principal foi um filé com batatas e cogumelos e de sobremesa uma maça assada e recheada com nozes.

A carta de vinhos estava ótima e depois das degustações de Mendoza achei que ia ficar um pouco a desejar, mas foi só uma impressão.

Cheguei galera!

Tudo bem com vocês? Comigo esta tudo ótimo, tive uma semana muito boa.

Adoro passear e sempre que a minha mãe tem algo pra fazer na rua ela vem e me leva junto, será que ela sabe que eu adoro isso?

Nem conto pra vocês, estou papando muito para mostrar pra minha pediatra que eu to gordão que nem o meu pai, vou quebrar aquela balança! Minha vó tem feito uns papás com polenta e feijão que eu adoro e depois de muito comer ainda mando ver um mamazão.

Este final de semana fui viajar com meu pai e minha mãe, primeiro passamos na praia para eu conhecer e encontrar meu Tio, minha Tia e meu primo. Posso dizer que finalmente eu conheci o mar, mas não deixaram eu colocar meu pezinhos na água, não sei porque. Depois passeei com esse carrinho da foto, meu primo me emprestou.

Da praia fui pra casa do meu vô na lagoa, apesar de estar em obras eu adorei ficar lá. Me estranhei um pouco com a cama mas por outro lado eu estava muito eufórico pelo passeio, foi dificil dormir.

Hoje voltamos de lá e ainda deu tempo para passear mais um pouquinho no parque, minha mãe disse que essa semana ia chover todos os dias :(

Também ouvi uma coisa que não gostei muito.. talvez vá rolar uma vacina essa semana, que deus me ajude e que não doa muito.

Bem galera, acho que é isso por essa semana.

Bjo do Vini

14138164_1098704956845303_4092433545832490215_o

Lagoa

De Tramandaí viemos para a Lagoa para dormir e já dar uma olhadinha na obra. Esta bem adiantado, falta o reboco e concretar a chapa de cima.

O Vini não se acertou muito com o colchão e ficou se rolando na cama, mas alguma hora dormiu.

A volta foi super tranquila, o Vini só resmungou um pouco na chegada.

Tramandaí

Aproveitamos a promessa do excelente tempo no final de semana e fomos para a praia. Passamos em Tramandaí para visitar a Tati e o Campani, almoçamos junto com eles e ficamos um pouco na praia.

Estava ventando bastante, então não nos estendemos muito.

O Vini foi bem comportado o caminho todo.

Depois de muito tempo saiu uma janta na casa da Tais e do Nani. Ele preparou um churrasco com cerveja e espumante.

Aproveitamos para ver as fotos da viagem deles.

Meu sogro concluiu o que eu tinha desistido e finalizou a montagem do quebra cabeça do vaticano com 6000 peças. A expectativa era finalizar até o final do ano, mas num certo ponto começou a evoluir bem.

14053959_1093025304079935_1455569726555119590_n

Levantamos as 7h para conseguir fazer tudo, já tínhamos deixado tudo meio pronto para não dar correria de manhã. Estávamos no café as 7h30 e as 8h prontos esperando os táxis. O nosso atrasou quase 15 minutos.

No aeroporto fizemos o checkin e despachamos as malas, consegui passar com 5kg de excedente sem problemas. O Joselito conseguiu perder o papel da imigração e teve que fazer uma segunda via antes de embarcar.

Passamos pelo freeshop, os guris compraram mais um monte de vinho e porcarias em geral. Sorte que não teve outra pesagem na hora do embarque. O voo atrasou 20 minutos e chegamos em Porto Alegre 12:30.

Melhor almoço: Siete Fuegos
Melhor bodega: Salentein
Melhor degustação: Cobos
Melhor janta: Brandon
Melhor vinho: Cobos Malbec

IMG_3845

Consegui dormir bastante, como não tínhamos compromisso cedo e o café ia até as 11h deixamos para acordar mais tarde. O café aqui do hotel é bem bom e ainda o chef é Irlandês e por isso tem Irish Breakfast, é lógico que eu comi isso.

Nosso plano era caminhar pelas ruas de Palermo SOHO, começamos por uma feirinha que tem mas era só de artesanato, andamos mais um pouco até um café que o Adriano conhecia e paramos para tomar um café e sucos.

Como estávamos estufados pelo café, continuamos caminhando e olhando as lojinhas. Apesar de ser domingo, quase todas as lojas estavam abertas.

Depois do meio dia fomos procurar um restaurante para almoçar, o Joselito tinha uma sugestão mas quando chegamos na frente do lugar ele já tinha mudado de nome/dono. Fomos para uma sugestão do Adriano, a parrilla Don Julio, que também fica nessas redondezas.

Apesar do horário avançado, tinha uma fila de espera enorme mas decidimos ficar e almoçar nas mesas de fora, estava um pouco frio mas tinha uma calefação. As carnes e os vinhos estavam excelente, tomamos um Riglo Gran Malbec 2013 e duas garrafas de Sophenia Synthesis Malbec 2013, dois vinhaços.

Nossa ideia era passear em Puerto Madero mas acabamos ficando por Palermo mesmo, caminhamos pelas ruas, paramos em uma sorveteria/café para uma sobremesa e fumar um charuto.

Voltamos para o hotel para descansar um pouco, aproveitamos para ajeitar as malas e decidir sobre a janta. Tínhamos uma reserva no Osaka mas o pessoal preferiu ir num lugar mais descontraído e acabamos na indicação de ontem, no restaurante Brandon.

O lugar era bem legal e diferente de ontem estava bem vazio. A comida parecia ser boa mas acho que fiz o pedido errado, comi um hambúrguer que não gostei muito, os outros pediram um prato thai e saladas. Para beber hoje fomos de cervejas artesanais, todas muito boas.

Não nos estendemos muito pois tínhamos que acordar bem cedo amanhã.

E aí pessoal!

Alguém tem notícias do meu pai? Faz dias que não vejo ele.. Será que ele fugiu de casa? As vezes ele aparece dentro do telefone da minha mãe mas, o que ele faz lá dentro?

Essa semana foi bem boa para mim, melhorei da tosse e dormi muito bem de noite. Ando brincando tanto o dia inteiro que chega de noite estou cansadão, aí peço para minha mãe preoarar o meu banho e as vezes nem mamar eu consigo.

Conheci um lugar novo essa semana, era a CEASA, lá tinha um monte de frutinhas para eu comer queria levar tudo pra minha casa.

Passeei quase todos os dias com a minha mãe, ela gosta de me levar nas pracinhas (e eu também gosto), tem uma bem pertinho de casa.

Preciso contar uma coisa para vocês, não gosto mais de tomar na mamadeira, eu gosto mesmo é do copo, acho que é por causa da quantidade, assim consigo tomar um monte de água em menos tempo.. Só as vezes eu me molho um pouco.

Ah, ganhei uma cadeirinha nova para eu andar de carro, ela é muito melhor que a minha outra, nessa eu fico olhando pra frente, assim posso cuidar tudo que acontece! Não sei porque não trocaram antes.

Para registrar a minha felicidade, pedi pra tirar uma foto com ela, fiquei bem na foto?

Vou nessa galera, vou dormir mais cedo pois minha mãe disse que o papai volta amanhã, estou com saudades dele.

Bjo do Vini

14067471_1086115944770871_5531342676839774940_n

 

Posso dizer que consegui descansar bastante essa noite, nosso compromisso era somente as 10h30. Deu para tomar café tranquilo, fazer as malas e o checkout.

A primeira vinícola do dia foi a Zuccardi, no Valle Maipu. Acredito que deixamos pouco tempo para essa vinícola e tivemos que fazer meia visita e sem degustação. De qualquer forma já sabíamos que a degustação não era grande coisa tendo em vista que só colocam os vinhos de entrada.

Logo depois do meio dia partimos para a última vinícola da nossa viagem, a bodega El Enemigo. Ela fica no mesmo valle porem na outra extremidade, levou uns 40 minutos.

Essa bodega é do enólogo chefe da Catena Zapata onde teve vários vinho premiados. É uma bodega bem pequena, produz mais ou menos 3000 garrafas de cada linha.

Chegamos já na hora da nossa reserva e como tínhamos tempo contado, fomos direto almoçar. Era um menu com 4 pratos, sendo uma entrada com queijos, salames e pequenos molhos, depois veio alguns pães com azeite e empanadas. O prato principal tinha 5 opções, acabei ficando com o bife de chorizo com batatas e de sobremesa provei uma panqueca de doce de leite.

O ponto alto do almoço foram a degustação, escolhemos a dos vinhos top, Gran Enemigo. Provamos três tipos dessa linha, todos excelentes, cada um com suas particularidades porem um melhor que o outro. Quem nos recebeu durante o almoço foi o dono da bodega, o Alejandro Vigil. Ele falou um pouco sobre a visita e nos presenteou com um vinho onde a vinha tem mais de 100 anos, excelente vinho.

Como precisávamos chegar cedo no aeroporto, acabamos acertando com o Leo para nos deixar lá, ele parou no hotel para a gente pegar as malas e logo fomos para o aeroporto.

Decidimos chegar mais cedo pois poderíamos ter problemas com as bagagens, e tivemos. Deu excesso na minha e quase da maioria. Eu consegui remanejar para não pagar excesso mas o Rota teve que pagar. Ficamos aguardando na sala de embarque assistindo o jogo do brasil.

O avião que pegamos era muito bom, tinha tv e um pouco mais de espaço, fiquei assistindo um programa sob o taj majal e quando vi já estávamos chegando.

Nossas bagagens vieram rápido e pegamos três táxis para ir no hotel. O interessante foi a diferença de valor entre os táxis, de 105 pesos até 200.

O hotel é muito legal, fica em Palermo Hollywood e se chama Fierro, tem um restaurante Irlandês junto. Deixamos as malas e fomos para o quarto do Vasco tomar um vinho e decidir o que faríamos da noite.

Pegamos umas dicas no desk porem todos os lugares estavam lotados e com fila de espera. Continuamos caminhando e achamos um bar da Peugeot e lá conseguimos uma mesa para o nosso jantar. Como não estávamos com muita fome, escolhemos diversas entradas que nos serviu de janta.

Voltamos caminhando para o hotel, o clima estava bem agradável, um friozinho europeu bem bom.