USA 2011

Desembarcamos as 9h no Rio de Janeiro e pra variar pegamos varias filas, na imigração, na receita federal, nas bagagens, enfim, estamos no Brasil. A Grazi saiu com 3 malas grandes e eu com uma e mesmo assim fui parado na receita, devo ter cara de muambeiro e a Grazi com três malas grandes e mais duas de mão passou direto.

Fizemos nosso checkin de novo na Gol com destino a Porto Alegre, mais 2h de vôo.

Esta foi minha segunda vez nos Estados Unidos e foi bom relembrar alguns lugares que eu fui e conhecer outros novos lugares. Mesmo com quase 1 mês de viagem ficou muitas coisas para uma próxima viagem. Em Nova York faltou conhecer melhor o Uptown e o SOHO, ir em outras peças da Broadway e andar de bicicleta pela ponte do Brooklin. Em Miami faltou visitar Key West, este sim acho que fez falta. Orlando queremos ir no Museu Aeroespacial no Cabo Canaveral, conhecer os outros dois parques da Disney, ir no Sea World, conhecer a cidade de Orlando. Las Vegas acho que nunca se acaba as atrações, ficou faltando vários shows, visitar o Grand Canyon de helicóptero, alugar uma Ferrari, ir nos outlets e tirar uma foto no “Welcome to Fabulous Las Vegas” a noite. Em Los Angeles precisamos fazer um touro de helicóptero por cima das casas dos artistas, ir em algum show no Hollywood Bowl ou no Staples Center e tomar banho de sol na praia. Já deixei tudo anotado aqui para a próxima vez.

Top 10

Melhor Cidade: New York

Melhor Janta: Hooters, Los Angeles

Melhor Almoço: Planet Hollywood Las Vegas, Caeser’s Hotel

Melhor Show: Cirque du Soleil: ‘O’

Melhor Passeio: Parques da Disney

Melhor Hotel: Radisson Hotel Orlando

Melhor Compra: Tiago – Macbook Air, Grazi – Todas

Melhor Dia: Las Vegas, 29/07

Chegamos em New York as 9h devido ao atraso do vôo em Los Angeles. Pegamos nossas malas e acabamos vindo de metro pois como não tínhamos pressa para chegar dava para ir tranqüilo. Acabamos pagando quase $30.00 para os dois, no fim descobrimos que esse era o preço do taxi.

Chegamos na Elizabeth, deixamos nossas malas e fomos passear em Manhattan, pois tínhamos algumas compras de ultima hora para fazer. A Grazi conheceu uma peruana no trem que deu dicas interessante de compras e acabamos seguindo as sugestões. Descemos na Union Square e ali mesmo já tinha uma loja da BestBuy onde tínhamos encomendas para comprar.

Depois fomos em direção da 18th com a 6ave que tinha uma Marshalls e uma Bed, Bath and Beyond que aproveitamos para fazer umas compras para casa. Na saída fomos nos despedir da Times Square e do Europa café, onde comi uma ultima salada lá. Atravessando a rua fui na Toys ‘r us para comprar um presente pro Mark e na Starbuck para outra encomenda.

Pegamos o trem de volta para o Queens e tínhamos que arrumar nossas malas, o bom é que o peso aumentou para 32kg se não teríamos que pagar excesso de bagagem certo. A Grazi foi dormir um pouco e eu fiquei no computador e arrumando as tralhas.

Deixamos reservado um taxi as 17h30 para o aeroporto, queríamos chegar com folga lá para evitar estresses desnecessários. Até o aeroporto deu uns 40min e é meio longe de tudo mesmo. Fizemos nosso checkin na American Airlines depois de abrir e fechar a mala 10 vezes. Aproveitamos para comer algo antes de ir para o portão de embarque e também fizemos mais umas comprinhas de ultima hora.

Nosso vôo atrasou mais de 1 hora, acabamos saindo as 10h30 onde o horário marcado era 21h15. Nosso avião era bem chinelo, pior que os de vôo interno mas veio vazio (de repente é por isso que nos deram esse avião, até a comida servida era bem simples (mas boa).

Quando não preciso acordar cedo eu acordo. Fiquei um pouco na cama vendo meus e-mails enquanto a Grazi dormia mas perto das 10h era hora de se preparar para sair. Como de noite vamos pra NY, precisávamos fazer check-out no hotel que por sinal é uma porcaria, não tinha nem onde deixar as malas para passar o dia passeando.

No fim levamos elas com a gente, que encheu o carro já quero ver quando pegar a quarta mala para voltar ao Brasil. Primeiro fomos tomar café da manha na Starbuck da Sunset Boulevard.

Nosso passeio hoje era pelas praias e como é feriado de 4 de julho estava tudo engarrafado. Fomos direto para Santa Monica, que fica a 10 milhas de Hollywood, e estava bem cheio quase não tinha espaço na areia. Até para estacionar estava complicado e caro mas acabamos estacionando sem querer num estacionamento que as 2 primeiras horas eram de graça. O mais legal desse estacionamento era a tecnologia que tinha uma câmera para cada carro e ele ainda alertava sobre os estacionamentos vagos e se tu esqueceu onde deixou o carro é só colocar a placa do carro que ele te mostra a localização dele, muito legal.

Caminhamos um pouco pelo Pier de Santa Monica mas estava tudo muito cheio mas não estava tão quente tinha até um ventinho gelado. Voltamos para pegar o carro e fomos para a praia de Venice, que fica quase do lado de Santa Monica. Pelo que tinha lido era uma praia de pessoas estranhas, hips, drogados, bêbados, etc. mas não vi nada disso por lá. Acho que a praia se chama de Venice porque tem vários canais entre as ruas, e as casas tem barquinhas para passear neste canal.

Saímos de Venice e fomos em direção á Malibu, paramos no meio do caminho para almoçar. Na verdade nem era um restaurante e sim um bar mas com um monte de comidas e pra variar acabamos pedindo muita comida, pegamos um T-bone com batata e legumes, uma salada e uns chicken wings certo que a metade sobrou.

Seguimos pela Pacific Coast Highway em direção a Malibu, paramos algumas vezes no caminho para tirar fotos e conhecer. Na verdade eu nem acho grande coisa a praia de Malibu, apesar de estar cheio de casas de famosos mas a praia é bem comum e feia. No caminho estávamos observando o movimento de retorno para Santa Monica e estava bem engarrafado e quando fomos voltar caímos nesse engarrafamento.

Acabamos entrando na Sunset Boulevard, que era a rua do nosso hotel e estávamos indo conhecer a ultima casa do Michael Jackson que fica em Beverly Hills. Pelo caminho um monte de mansões e imaginamos que as que tem muros altos com arvores encobrindo as casas devem ser de famosos e tinha muitas por lá. Chegando lá não deu pra ver nada a não ser o portão e um monte de turista indo ver, o melhor passeio para a casa dos artistas é de helicóptero.

Como já era perto da hora programada, fomos devolver o carro e ir para o aeroporto. O tiozinho que tínhamos falado não estava lá, então outro cara que acabou nos levando. Somente neste momento que apareceu alguma comemoração ao dia da independência deles, tinha bastante fogos de artificio pelo caminho. Levamos 30 min pra chegar no aeroporto.

Fizemos nosso check-in, pra variar nossas malas deram excesso de bagagem e precisamos transferir um pouco do peso para as malas de mão mas como era pouca coisa não era tao ruim. Já é nosso segundo vôo que chegamos com bastante antecedência e isso tem nos ajudado nos imprevistos por aqui. Aproveitamos para ver o filme “Se beber, não case”, que nano deu para ver tudo, nossa idéia era terminar no vôo mas não deu.

Até Nova York tem 4h50 de vôo + 3 horas de fuso.

Hoje nem colocamos o despertador, deixamos para acordar por conta mas mesmo assim não passou das 9h30. Fomos tomar café na Starbuck ao lado do Kodak Theatre.

Hoje o dia era livre, sem muitos planejamentos. Começamos pela Rodeo Dr, onde caminhamos por todas as lojas que por sinal estavam bem vazias hoje (deve ser porque é domingo) e aproveitamos para tirar algumas fotos.

Saindo de lá fomos para o centro de Los Angeles para procurar uma Chinatown, precisávamos comprar uma mala bem vagabunda só para carregar as tralhas que compramos porem não achamos nada de lojinhas em Chinatown. Como estávamos por aqueles lados, aproveitamos para comer num restaurante mexicano, mas achei bem mais ou menos a comida.

Voltamos para hollywood e decidimos tentar chegar o mais perto possível do Hollywood Sign, peguei umas dicas na internet (que não ajudaram) e fomos pra lá. Nosso GPS sugeria a gente ir por um caminho mas estávamos nos afastando do letreiro. No fim seguimos por umas ruas até chegar num terreno baldio onde estavam um monte de pessoas tirando fotos e até algumas subindo o morro para chegar mais perto. Acredito que esse seja o melhor lugar para tirar fotos, e a localização é esta: N34*07.724′ – W118*19.321′ ou endereço 6100 Mulholland hwy.

Missão cumprida fomos para a loja da Apple Store pois a Grazi queria comprar um HD externo. A loja fica num shopping em Beverly Hills e acabamos não comprando pois parecia ser bem mais caro que nas outras lojas de informática.

Desistimos temporariamente do HD e fomos atras da mala de novo. Nos indicaram uma loja de 0.99c dizendo que lá poderia ter, porem não conseguimos achar a tal loja, fomos em uns 3 endereços e nada no fim acabamos indo na Ross e comprando uma mala Sansonite pois assim já é uma mala para toda vida.

Como conseguimos a mala, e aproveitamos para tomar um café na Starbuck e como tinha internet liberada lá aproveitei para pesquisar lojas de informática e achamos uma Bestbuy ali perto. Fomos até lá para procurar um HD externo e conseguimos pela metade do preço, aproveitei e comprei os fones do Leozinho.

Voltamos para o hotel e arrumamos toda a bagunça, não digo que sobrou espaço, mas no peso não cabe mais nada. Ainda bem que para o Brasil o peso é maior.

Como não tínhamos jantado resolvemos ir até a Hollywood Boulevard (meio a contra gosto da Grazi) e procurar um lugar para comer. Acabamos escolhendo o Hooters, mesmo só tendo comida gorda mas é um ambiente legal. O impressionante é o atendimento, demorou para conseguir mesa (sendo que tinha várias disponíveis), a garçonete esqueceu meu chop duas vezes, esqueceu os talheres, demorou pra trazer a conta.. mas deixou eu tirar uma foto com ela..

Amanha vamos passear pelas praias de L.A.

Depois de ter viajado a noite toda, pegamos um taxi na rodoviária pois era impossível usar qualquer outro tipo de transporte neste momento. Nosso hotel é em Hollywood, escolhi pois é mais perto dos lugares que queremos conhecer. Como chegamos muito cedo, o nosso quarto não estava disponivel e acabamos aceitando um quarto de fumantes para poder descansar um pouco.

Dormimos até o meio dia e isto nos ajudou a conseguir passear no dia de hoje, preciso sempre lembrar que viajar de ônibus não é bom a não ser que não temos alternativa.

Tomamos um banho e fomos almoçar aqui perto do hotel onde tinha diversas opções, acabamos comendo no Quiznos. Não foi bem um almoço, acabamos fazendo só um lanche.

Aluguei um carro numa indicação do hotel e o preço estava bem bom, menos de 1 diária de Las Vegas pelos 3 dias! O cara era meio amarrado mas como o preço estava bom não reclamei. O carro é o mesmo que aluguei em Las Vegas, inclusive a cor. Estavamos com o carro depois das 16h, foi um pouco demorado o processo.

Nossa primeira parada foi para tentar conhecer o Hollywood signs de perto. O tiozinho que nos alugou o carro disse que a melhor vista era do Griffith Park, é um parque muito grande porem a vista para o letreiro é muito ruim. Lá tem um observatório com telescópios gigantes. Acabamos tomando café da tarde por lá mesmo.

Na saída resolvemos ir para a Hollywood Boulevard e passear pela calçada da fama. como alugamos um GPS junto como carro tudo fica mais fácil e rápida. Estacionamos o carro numa rua paralela e fomos caminhando pelas atrações. Antes de tudo comprei meu copinho do Hard Rock Café. A rua estava bem cheia e de repente seja por causa do feriado.

Tentamos caminhar mas estava tudo muito cheio mas mesmo assim tiramos algumas fotos. Essa hora já estava escurecendo um pouco então fomos encontrar algum restaurante. Acabamos escolhendo um pelo caminho que tinha um Ribs. Confesso que não foi o melhor ribs que já comi, mas quebrou um ganho.

Depois da janta resolvemos vir para o hotel descansar para acordar bem amanha.

Hoje foi dia de viajar. Nossa ideia era sair as 8h30 mas tinhamos esquecido que precisavamos fazer o nosso checkout antes de sair.

No fim saimos 9h30 em direcao ao Grand Canyon. Nossa primeira parada foi a uns 50km de las vegas na Hoover Dam. Eu já conhecia da outra vez, mas aproveitei para fazer algumas fotos novas. O sol estava de rachar mas mesmo assim passeamos bastante por lá.

Seguimos viagem em direcao a Flagship, a estrada é excelente e viemos bem até. Fizemos uma parada para almoçar no McDonalds e descansar um pouco.

Tínhamos ainda pela frente quase 200km e já estava no meio da tarde. Acesso ao Grand Canyon tem varias pois o parque é muito grande mas acabamos indo no National Park Grand Canyon, que é a entrada principal, tem outras entradas que dão acessos aos outros lados. Nesta entrada nao tem visao direta para o Rio Colorado.

Estacionamos o carro e fomos para os mirantes. Mesmo pra mim que já conhecia a vista impressiona, é tao grande e natural simplesmente fantástico. Caminhamos pelas encostas do parque e tiramos varias fotos. O tempo estava bom, com ceu bem azul mas tambem com um sol forte.

A vista nao muda muito daquele ponto. Tinha outro mirante a 50km de distancia mas igual nao mudaria muito. De qualquer forma valeu a pena.

Saímos do parque e passamos no Visitor Center da National Geografic onde tinha um cinema IMAX e apesar do horario apertado, ficamos para assistir um filme sobre o Grand Canyon. Era sobre um pedaço da historia do Grand Canyon bem interessante.

Acabamos saindo do Grand Canyon as 19h20, pegamos uma pizza para ir comendo no caminho e iniciamos nosso retorno. O Fabricio quis vir dirigindo na volta e até que viemos bem, deu pouco menos de 4h mas o problema é que precisávamos arrumar as malas por iríamos para Los Angeles ainda hoje.

Estávamos com um grande problema de estar faltando uma mala para carregar as muambas da ultima parada e ainda como íamos de ônibus, precisávamos distribuir o peso entre as malas. Alias, acabei escolhendo a ida para LA de ônibus por causa da distancia e ainda teríamos muito excesso de bagagem por tão pouco tempo mas confesso que ao entrar no ônibus eu mudei de idéia, mas enfim, agora não tínhamos o que fazer.

O Fabricio nos deixou na rodoviária e ficou de devolver o carro amanha para mim. Nosso horário era as 1h30 da manha e ainda bem que tinha escolhido esse horário se não teríamos perdido nosso ônibus. Como chegamos em cima não conseguimos um lugar bom, e ainda nossa poltrona não reclinava ou seja, a viagem foi uma bosta. As 4h30 da manha algumas pessoas desceram e conseguimos um lugar melhor.

Chegamos em Los Angeles as 8h30 da manha.

Acordei cedo hoje, mesmo tendo dormido tarde ontem e o dia foi cheio hoje.

Busquei um café pra Grazi que estava com preguica de levantar e aproveitei para dar uma passada no Harrys que tinha uma loja da Hertz. Tinha pesquisado na internet e todos estavam sem carros por causa do feriado de 4 de julho.

Retornei para o hotel e a Grazi se deu conta que o cartao de credito dela nao estava lá, entao reviramos o quarto todo e como esta tudo uma bagunça foi dificil ter certeza que o cartao nao esta aqui, de qualquer forma cancelamos ele. A gente suspeita que ele ficou na Ross, que foi o ultimo lugar que ela usou.

Depois desse episodio fomos no Harrys alugar o carro que foi o unico lugar com carro disponivel para hoje e ainda custou US$140.00 por dia!

Já era perto do meio dia quando pegamos o carro e tinhamos que pegar o Fabricio e a Ingue as 12h50 no aeroporto e como tinhamps 1 hora disponível fomos até a outlet que fica no final da Boulevard e perto do aeroporto.

As lojas sao as mesmas de sempre mas eu precisava comprar uma faca que nao achei  e a Grazi queria ver umas coisas. As minhas compras eu fiz rapido e fiquei aguardando a Grazi terminar, alias, hoje ela ate que comprou rapido.

Perto das 13h fomos para o aeroporto buscar eles e eu achava que o aeroporto era pequeno mas me enganei.. Antes de ir para o hotel paramos na placa do Welcome to fabulous Las Vega e tiramos algumas fotos.

Deixamos eles no hotel e fomos almoçar no hotel Rio que tinhamos ums cupons de desconto. De carro é tudo mais perto, porque ontem sofremos para chegar ate o hotel. O restaurante se chama Carnival e se intitula o maior buffet do mundo, é grande mas nao sei se é o maior que eu ja vi. Comemos até passar mal e depois fomos buscar eles no hotel.

A primeira parada foi no shopping Fashion Mall, la eu comprei a faca que eu queria. Nosso outro passeio foi no Stratosphere, a ideia era ver quanto custava para subir até o topo. Acabamos nao indo porque é era um puco caro entao fomos caminhandos caminhando ate o Venetian hotel.

Este hotel é muito grande e bem legal, tem um canal que passa por dentro do shopping com gondolas para passeio e em algumas partes eles ate simulam chuva.

Tivemos que abandonar eles pois tinhamos comprado ingressos para o cirque du soleil, espetaculo “Ó”. Chegamos até que na hora, e o nosso lugar era bom tambem, na ultima fileira mas bem no meio.

Foi simplismente espetacular, o melhor deles! O espetaculo e na agua com uma piscina gigantesca e com acrobacias muito legais, excelente.

Na saida tinhamos combinado de nos encontrar no hotel Venetian onde tinhamos deixado o carro e depois passear. Nos perdemos para achar o caro e acabamos jantando por lá mesmo.

Quase 23h pegamos o carro e fomos para downtown, onde fica a Fremont St, lâ tem o maior telao do mundo e como os outros nao conheciam fomos até lá. Foi legal para relembrar da oitra vez que eu vim aqui.

Esperamos até um show no telão, passeamos pela rua e tiramos algumas fotos. Voltamos para o hotel quase 1h da manha e temos que acordar cedo também.

Hoje sim acordamos cedo para aproveitar mais o dia. Tomamos um rápido café da manha na Starbuck que tem aqui do lado do nosso hotel e depois fomos direto para piscina, queríamos aproveitar o sol e tomar um banho de piscina. Pela primeira vez teve umas nuvens no céu e isso amenizou um pouco o calor, de qualquer forma conseguimos pegar um bronze.

Perto do meio dia saímos da piscina, tomamos banho e fomos almoçar, passamos num balcão de descontos e compramos um almoço no Planet Hollywood, uma janta no Rio e um show de mágica no Rio também.

O Planet Hollywood fica na frente do nosso hotel, dentro do completo do Caesar’ Palace, que é um super hotel que ocupado metade de um quarteirão aqui. Este restaurante fica dentro de um shopping que faz parte do hotel. Eu pedi um Ribs on the Barbecue (tradicional) e a Grazi pediu um Steak com Baked Potato, o meu prato era muito grande, o ribs era do tamanho do meu braço! mas consegui comer tudo.

Ali no mesmo shopping ficava a loja da Apple, onde fizemos umas compras. Aproveitei para comprar uns acessórios para o meu Mac e é impressionante como funciona as coisas na Apple, o atendimento é fantástico.

Voltamos para o hotel para deixar as compras e acabamos dando uma dormidinha, até porque o sol estava muito forte para a gente ficar caminhando.

Perto das 17h saímos para passear e fazer algumas compras. A Grazi foi direto na Ross e eu fui na mega store da Coca-Cola que fica bem do lado. Acabei comprando varias coisas legais de lá. Voltei para pegar a Grazi na Ross mas ela ainda estava comprando, mas tinhamos que ir porque o show que compramos era as 20h.

Deixamos as compras de novo no hotel e fomos para o Rio Cassino, ele fica na rua do lado do nosso hotel porem como fomos a pé achamos um pouco cansativo e o meu pé esta me incomodando muito, vou ter que dar um descanso pra ele.

Chegamos no hotel pouco antes de começar o espetáculo, fomos ver o Penn & Teller que é uma mistura de Comedy e mágicas, achei bem legal com umas mágicas manjadas mas algumas surpreendentes. Na saida tinhamos um cupom para jantar lá mas tinha fechado as 22h, então vamos usar amanha.

Na volta tivemos que pegar um taxi pois meu pé não ia conseguir chegar até o hotel. Acabamos comendo uma pizza no nosso hotel mesmo só assim não precisava caminhar mais.

Amanha vamos alugar um carro e passear um pouco mais, temos mais 2 dias aqui, sendo que na sexta estamos indo para o Grand Canyon.

Dormimos muito! acordamos as 9h da manha e foi bom dormir bastante, estávamos precisando.

Ficamos um tempo no computador, resolvendo algumas questões de trabalho e depois fomos procurar algum lugar para comer. No hotel tinha um restaurante buffet servindo um brunch e como a Grazi queria tomar café e eu almoçar ficou bom para os dois. Acabei comendo muito, pois nesses buffets tem uma tonelada de opções para todos os gostos e como eu gosto de quase tudo acabo comendo mais do que devia.

Esta hora estava 40 graus na rua e mesmo assim resolvemos sair para passear. Começamos pelo Bellagio, onde vimos o show das aguas, apesar dele ser melhor de noite já aproveitamos para olhar de dia. Seguimos caminhando pela Strip para olhar os hoteis e conhecer os cassinos porem o sol estava tão forte que resolvemos voltar para o hotel e ir para a piscina.

Para varias, quando chegamos já não tinha mais sol na piscina, isso porque o hotel é bem alto e o sol desaparece atras dele. De qualquer forma conseguimos tomar um banho de piscina e ainda ficar um pouco no sol.

Nos arrumamos e saímos novamente para passear na Strip, aproveitamos para comprar um cupom de desconto para jantar no Planet Hollywood. No meio do caminho achei uma mega strore da Coca-Cola cheio de coisas legais. Caminhamos mais um pouco e fomos jantar, essa hora já estávamos morrendo de fome.

O restaurante do hotel Planet Hollywood é bem legal e este fica dentro do cassino. Para comer, a Grazi pediu um filé de salmão quase cru e eu pedi um streak com baked potato e estava bem bom, alias, aqui tudo parece ser bom até as saladas!

Depois de comer muito, fomos caminhar e aproveitar que não tinha mais sol, mas o calor ainda continuava. Fomos num hotel onde tinha um bar de gelo, só não entramos pois não deixavam entrar com maquina fotográfica. Depois fomos caminhando até o Luxor para tirar umas fotos e voltamos pelo outro lado da rua. Entramos em alguns cassinos para conhecer e até gastamos uns dólares neles.

No fim continuamos cansados e como já era quase meia noite resolvemos voltar para o hotel e dormir relativamente cedo. Ah, hoje compramos ingressos para ver o Cirque du Soleil o espetáculo “O” na quinta feira.

Hoje acordamos cedo pois tínhamos que voltar para Miami e pegar um vôo para Las Vegas, ainda bem que deixamos as malas prontas ontem a noite, pois foi difícil acordar cedo.

Tomamos nosso tradicional café na Starbuck do hotel e descemos as malas, na verdade ja estou com excesso de bagagem e ainda temos duas cidades pela frente.

Pegamos a estrada por volta das 10h30 e tínhamos 230 milhas pela frente, como a estrada é boa e tinha pouco transito até que foi bem rápido a nossa volta. Paramos no meio do caminho para almoçar, eu comi uma massa com meatballs e a Grazi um chiken a parmeggiana, não foi os melhores mas quebrou um galho.

Voltamos para a estrada e antes das 14j já estávamos em Miami, viemos direto pela highway que nos deixa no aeroporto. Entregamos o carro e pegamos o shuttle até o aeroporto.

Pela primeira vez que estamos com 3h de antecedência em um vôo, estamos melhorando já. Na hora do checkin minha mala deu excesso de peso e tive que pagar 90 dólares de extra, valeuuuuu, achei que era 32kg mas era 20kg para vôos internos.

Pós prejuízo, passamos para área de embarque, estava com medo de encrencarem com minha bagagem de mão, que devia ter uns 15 quilos. Como estávamos com bastante antecedência, paramos para tomar um café na Starbuck e passear pelas lojas do aeroporto.

O vôo de Miami para Charlote foi rápido até, mas a aeronave era um lixo, cheia de remendos. Encontramos no vôo a Marina Elali.

Chegamos na North Caroline na hora marcada e o nosso portão era bem próximo do nosso desembarque, aproveitei para comprar um lanche e ficamos aguardando. Algo tinha acontecido, pois tinha alguns camiões de bombeiros andando e um meta engarrafamento de aviões, segundo o piloto uma das pistas de decolagem estava fechada.

Ficamos quase uma hora nesta fila, que tinha uns 20 aviões na nossa frente e mais uns 20 para trás. Este outro abico era bem novinho e tudo funcionando e tinha ate internet on-line! pena que custava $12.90 e não valia a pena pois minha bateria não iria agüentar até Las Vegas.

Este serviço oferecia alguns sites com acesso gratuito, então fiquei navegando nestes sites. Aproveitei também para responder meus e-mails, quase consegui limpar minha caixa de entrada.

Chegamos em Vegas perto das 22h, pegamos um shuttle no aeroporto e fomos para o nosso hotel. Estamos hospedados no Imperial Palace, um hotel que fica no meio da Strip, quase na frente do Bellagio. Nosso quarto é legal, tem um bom ar condicionado.

Como estávamos muito cansados da viagem fomos dormir direto.