Viagens

Lagoa

Essa semana decidimos ir na sexta para a lagoa, apesar de não conseguir sair cedo até que não pegamos engarrafamento.

No sábado fizemos um carreteiro de almoço e jantamos churrasco, e no domingo fizemos um outro churrasco de almoço.

O Jair chegou no domingo de tarde e aproveitou para cortar o cabelo do Vini, ele adorou.

IMG_0173

Blumenau

Sem compromissos na agenda, acordamos só para tomar café, hoje o hotel estava muito lotado, quase não tinha mesa para tomar café. O Vini tomou o café dele com uma torrada e pão de queijo, é difícil ele querer comer algo de manhã.

Estávamos em duvida se íamos para a praia ou se passeávamos pela cidade e no fim optamos por um lugar que era uma fazenda de pesque e pague e uma cervejaria com restaurante. Pelo gps era 20km daqui mas ele nos mandou por dentro de um morro de chão batido mas tudo bem, valeu a paisagem.

O lugar é bem legal, estava cheio de gente pescando e tinha dois restaurantes. O Vini brincou na pracinha, viu os peixinhos e depois fomos almoçar. Degustamos algumas cervejas da Das Bier.

Saindo de lá fomos para outra cervejaria, a Alles Blau, começaram a produzir cerveja no inicio deste ano e servem uma cerveja muito boa. Aproveitei para fazer a visita guiada e a degustação.

De lá voltamos para o hotel, eu e o Vini ficamos no quarto e a Grazi foi para a piscina. Pedi uma torrada pro Vini comer e depois demos uma volta no hotel.

A ideia era sair para jantar mas a Grazi preferiu ficar e dormir cedo, antes das 20h o Vini já estava dormindo, e ela também. Eu fiquei no celular até as 22h e fui dormir também.

Acordamos um pouco mais tarde, sem compromisso mas não queríamos perder o horário do cafe. Mesmo não sendo grande coisa é pratico comer no hotel.

Arrumamos as tralhas e fomos para a praia, era bem pertinho do Beto Carrero, praia do trapiche. Era quase uma lagoa, uma praia de pescador bem pequena.

O Vini parecia que nunca tinha visto o mar, brincou muito na praia e na areia. Estava muito faceiro, se rolava na areia, tomava banho de mar, fez um castelo com o dindo.

Almoçamos na beira da praia mesmo, o restaurante montou tudo para nós, acabamos pedindo comida demais e sobrou um bocado.

O problema depois do almoço foi segurar as crianças na sobra até fazer a digestão, eles queriam ficar no mar brincando. Passamos o resto da tarde na beira da praia, a Grazi conseguiu pegar um sol e eu fiquei de olho no Vini.

Final da tarde pegamos a estrada, com engarrafamento, aproveitamos para passar numa loja onde a Grazi queria comprar umas coisas e depois viemos para o hotel.

Queríamos aproveitar a noite e jantar fora, então tomamos banho e nos arrumamos para sair, a sugestão de passeio era na Vila Germânica, lá tinha alguns restaurantes e a vila da papai noel.

Jantamos num pub/bar com chopp Eisenbahn, a comida era ok e os chopps eram bons. Depois da janta passeamos pela vila, o Vini andou no carrossel e fomos embora, estávamos muito cansados.

O parque abria as 9h e nossa ideia era chegar lá esse horário. Coloquei para despertar as 7h mas até acordar, tomar café, se arrumar e rodar os 50km até a BR101 acabamos chegando quase 10h.
Estacionamos na vaga do hotel do Alex, que fica na frente do Beto Carrero, pois o estacionamento dentro do parque custava 50 reais.
Na chegada validamos nosso ingresso e logo entramos, o Alex estava nos aguardando na fila para um passeio de trem pelo parque, chegamos em cima da hora e só deu tempo pra entregar o Vini para ir no passeio.
O dia estava nublado e isso ajudou o passeio, mesmo sem o sol estava bem abafado. Caminhamos muito pelo parque, é tipo disney mas numa estava muito menor e com uma infra menor também, era bem difícil achar alguém do staff para pedir ajuda.
Visitamos uma parte do zoológico e algumas atrações. Fizemos um almoço rápido num dos muitos restaurantes do parque e depois fonos para a arena hot wheels, é uma atração nova bem legal. Passa um vídeo e depois aparece os carros fazendo muitas manobras radicais, o Vini adorou.
Depois fomos numa outra atração do madagascar, um teatro com os personagens, lá o calor nos castigou um pouco. Na saída fomos para a fila do tchibum, ficamos quase 1h30 na fila e quando estávamos próximos da entrada o tempo fechou e rapidamente caiu um temporal e com isso faltou luz. Nossa 1h30 na fila foi por água abaixo, tivemos que sair da atração e procurar um lugar coberto e ainda tomamos um banho de chuva.
Ficamos numa praça de alimentação que tinha um parquinho para crianças que o Vini adorou. Esperamos a chuva passar e ainda o sol voltou. Como estávamos muito cansados, acabamos indo embora sem ver a apresentação de encerramento.
Pegamos um baita engarrafamento no caminho de volta mas faz parte. O Vini dormiu no caminho então aproveitamos para passar no super para comprar algumas coisas.
O Vini nem acordou e dormiu direto, nos aproveitamos para dormir também.

Blumenau

Tinha a expectativa de pegar a estrada por volta das 10h mas com muito custo saímos as 16h. Antes disso, além de preparar as malas, a Grazi teve que passar no escritório, dedetizar a casa entre outras tarefas.
Blumenau é muito longe, levamos quase 8h de viagem e quase 600km, não pensava que seria tanto chão. Fizemos só uma parada para comer e depois seguimos viagem.
Chegamos perto da meia noite no hotel, o Vini tirou uma soneca uns quilômetros antes de chegar. As estradas para Blumenau estavam todas em obra mas milagrosamente  tinha gente trabalhando.
O Vini aguentou super bem, não reclamou nenhum instante. O hotel fica bem no centro de Blumenau e ficamos hospedados no décimo andar.

Lagoa

O final de semana deu tempo bom, só no sábado que ficou um pouco frio mas deu para aproveitar bastante. Eu morri de tédio sem celular, aproveitei para ler meu livro e fazer nada.

Na chegada fizemos o Salmão para a Vó, o almoço de sexta foi feijão da Lizandra, sábado fizemos churrasco no almoço e carreteiro no jantar e no domingo meio dia fizemos hambúrguer gourmet.

 

Lagoa

Passamos o feriadão na lagoa, quando chegamos a Preta, Pedra e o Max. Já chegamos prontos para dormir, só o Vini que quis ficar brincando até não poder mais.

No sábado o tempo não estava muito bom, passamos o dia em casa, entediados (menos as crianças). Almoçamos num café colonial em Osório, num evento da igreja, tinha um monte de brinquedos para as crianças.

Domingo teve o tradicional churrasco, antes disso corri 10km pra poder comer. Voltamos no inicio da noite e estava um pouco movimentado.

Gramado #4

Nosso último dia em gramado começou as 9h, o Vini dormiu no quarto dos dindos junto com os primos e logo cedo estava de pé.

O tempo estava meio feio, choveu a noite toda e estava tudo molhado mas mesmo o pessoal foi passear numa pracinha perto do nosso hotel e ei aproveitei para correr um pouco antes que chovesse de novo. No meio do caminho começou a chover e tive que voltar.

Juntamos nossas tralhas e saímos do hotel, antes de pegar a estrada almoçamos no centro de canela num buffet bem ok.

A volta foi bem rápida, não tinha nenhum engarrafamento, por milagre. O Vini dormiu quase todo o caminho (e o resto também).

 

Gramado #3

Acordamos cedo de novo, mesmo o Vini dormindo com a vó. Ele acordou as 7h e não quis mais dormir, só queria brincar com qualquer coisa.
Tomamos café e fomos passear no lago negro, até todo mundo se arrumar já eram quase 11h da manhã. Estava tudo úmido ainda, algumas partes com barro então não deu pra aproveitar muito. Estou achando que é a primeira vez que venho no lago negro.
O Nicolas e o Vini queriam muito andar de pedalinho, e acabamos alugando dois para passear. Tinha esquecido como é cansativo andar naquilo.
Almoçamos num bistrô ali no lago negro mesmo, não era dos melhores mas resolveu o problema. Na saída as crianças acharam umas maquininhas de bichinhos e bolinhas, raparam as moedas da vó para brincar.
Passamos no hotel para se arrumar e ir para o snowland, o Vini queria muito ver a neve. O Alex, Lizandra e Rafa foram de novo no parque florybal.
Acabamos chegando um pouco tarde no snowland, mas conseguimos aproveitar um pouco. Eu achei que tinham reformado a pista mas estava igual. O Vini adorou descer de boia, foi umas 10 vezes.
Tinha esquecido que era frio, o Vini e o Nicolas estavam com as mãos congeladas mas mesmo assim não queriam sair. O Nicolas ficou descendo em uma pista mais radical até o fechamento do parque, gostaram bastante da neve. A Santi também gostou mas ficou com frio também.
Nossa ideia para a janta era a pizzaria temática Kongo mas chegando lá tinha espera de 1h30 e acabamos desistindo. Comemos alguns aperitivos e fomos noite pizzaria no centro de Canela, a The Point.
A pizza era melhor que da Kongo mas acabamos comendo demais. Tinha um espaço kids com um monte de brinquedos que as crianças nem apareceram pra comer.

Gramado #2

Acordamos por volta das 9h e fomos direto para o café, o Vini só falava no parque dos dinossauros. Até arrumar tudo já eram quase 11h.
Chegamos no parque temático florybal, outro lugar que eu nem fazia ideia que existia. O lugar é enorme no estilo disney, com muitas atrações e muito legal, tem 2km e meio de percurso com muitos temas, o Vini adorou, os outros já conheciam.
No meio do caminho voltamos para almoçar pois as crianças já estavam com fome, o buffet é bem ok até, comemos bastante e eu aproveitei para tomar uns chopps da GramBier.
Voltamos para finalizar o percurso, o pessoal foi ainda numa sessão de cinema 7D e eu fiquei esperando tomando um chopp Rasen pra aguentar o calorão. A Grazi e o Ni ainda fizeram um voo de dinossauro.
Ficamos até o final para assistir o encerramento, estilo disney mas numa proporção muito menor. Antes de ir embora, as crianças ficaram no playground que tinha lá.
De lá fomos para o centro de gramado para tomar um café enquanto decidíamos sobre a janta. Na volta pro hotel as crianças dormiram, menos o Vini então decidimos mudar os planos, fizemos o Vini dormir e fomos jantar no Hard Rock Café.
A fila estava quilométrica, mas como podia aguardar no bar acabamos ficando. A previsão era uma hora e meia mas acho que em 40 min estávamos sentados. O estilo do lugar é igual a toda rede HRC, muito rock and roll e os objetos temáticos de vários artistas. A comida é o estilo americano, no sabor e na quantidade, tomamos uns 4 drinques e pedimos um trio de barbecues, com porco, gado e frango, tirando o frango o resto estava bom.
Na saída a Grazi comprou o meu copinho, que esta bem inflacionado perante o resto do mundo mas tudo bem. Na volta pensamos em ir para o Boteco do Bill mas o cansaço e a idade nos levaram pra casa.